Arquivo da categoria ‘Acidente no complexo Ford.’

A Ford está caindo aos pedaços. Hoje um grave acidente aconteceu no prédio da montagem, um carro inteiro desabou nas dependências da empresa de fundo de quintal que não quer pagar o nosso 9% do reajuste da data base e nem o nosso bônus.
Mais de 40 mil carros estão armazenados em pátios alugados pela Ford, frutos da exploração e escravidão da nossa mão de obra. Isso tudo reflete na manutenção que a fábrica vem necessitando e no jogo sujo da Ford referente à provocação de uma greve sem eficiência nenhuma para os objetivos a favor dos trabalhadores. Ela agora está na zona de conforto desrespeitando os trabalhadores e a própria lei com o seu estoque em alta.
Na manhã desta quinta feira (25), mais um acidente grave ocorreu na área da estamparia do Complexo Ford. Uma esteira, que por sinal já tinha ocorrido um outro acidente grave, voltou a colocar os trabalhadores em situação de risco. A CIPA foi acionada junto ao Sindicato e as atividades foram paralisadas no setor. “Alguém precisa assumir o risco, e este alguém, não vai ser o trabalhador. As atividades ficaram paralisadas até os responsáveis se manifestarem.” Concluiu um diretor Sindical.
Mais um acidente envolvendo a Voith no prédio da Pintura, segundo funcionários da mesma, a manutenção estava fazendo um trabalho com solda acima do Polimento, quando faíscas caíram sobre plásticos, que servem como contenção de óleo na linha do Polimento, pegando fogo e atingindo algumas carrocerias, imaginem se houvesse  operadores na linha de produção. A Ford tem que se posicionar pois esta  GATA é a  recordista de acidentes no Complexo.
A Pintura é um local muito perigoso, pois lá se encontram  a maior concentração de produtos químicos e estes tipos  de erros não podem e não devem mais ocorrer!
O sindicato está apurando o acidente, pois o pior poderia acontecer, vamos cobra aqui uma ação urgente contra a Voith.
O Sindicato dos Metalúrgicos está de olho!
A direção do sindicato, recebeu nesta tarde de sexta feira 29, uma denúncia de risco de acidente nas dollys de reabastecimento da empresa LEAR, pois as mesmas se encontram em péssimo estado. Uma equipe do sindicato irá se deslocar até a área da empresa LEAR para constatar e cobrar providências da empresa com relação ao assunto.  
Fonte: (DITS)