Renault-Nissan confirma nova fábrica no Brasil

Publicado: 02/10/2011 em Uncategorized
A presidenta Dilma Rousseff recebe o presidente mundial do grupo Renault-Nissan, Carlos Ghosn, no Palácio do Planalto. Ao lado, o ministro da Ciência e Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, e o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral
Em visita a Brasília neste sábado (1/10), o presidente do grupo Renault-NissanCarlos Ghosn, confirmou que vai investir na ampliação das instalações atuais, em São José dos Pinhais (PR), e na construção de uma nova fábrica em Resende (RJ). O anúncio foi feito depois de uma reunião com a presidente da República, Dilma Rousseff, o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, os governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e do Paraná, Beto Richa (PSDB) e os prefeitos de Resende, José Rechuan, e de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues.

O montante que será aplicado nas ações anunciadas não foi divulgado, mas estima-se que somente no Paraná ele irá superar R$ 1,5 bilhão e permitirá o aumento na capacidade produtiva de 220 mil carros/ano para 300 mil A expectativa é de que Ghosn dê mais detalhes ao longo da próxima semana, quando deve participar do evento de lançamento do Renault Duster, utilitário esportivo que começa a ser vendido no país agora em outubro – AE rodou mais de 1.000 km com o modelo e traz avaliação e números de teste na edição deste mês, que se encontra nas bancas.

O objetivo da aliança Renault-Nissan é dobrar sua participação no mercado brasileiro até 2016, o que implicaria em passar dos 6,5% atuais para 13%. A montadora francesa, que hoje responde por 5,5%, passaria a 8%. Enquanto a japonesa Nissan saltaria de 1% para 5%. Segundo informações da Agência Brasil, Carlos Ghosn enxerga um grande potencial de crescimento das vendas de automóveis no país, visto que há 250 carros para cada grupo de mil habitantes, enquanto na Europa esse número supera 580 veículos por mil e nos EUA chega a 800 por mil.

IPI e preços de carros 
Em coletiva de imprensa após o encontro com as autoridades brasileiras, o executivo também afirmou que a iniciativa do grupo permitirá a redução de importações e o aumento do índice de nacionalização dos modelos vendidos no país – que hoje é o terceiro mercado para a parceria Renault-Nissan em nível mundial, mas que deve fechar o ano na segunda colocação, atrás da França.

Quando questionado sobre a decisão do governo brasileiro de aumentar em 30% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de veículos importados, Ghosn afirmou que ela serve de incentivo para as montadoras produzam localmente. Para ele, a taxa de 65% é totalmente razoável, visto que na China é de 90% e na Índia, de 95%.

Ainda durante a entrevista aos jornalistas, Carlos Ghosn atribuiu os altos preços dos carros no Brasil à elevada carga de impostos e ao baixo nível de concorrência entre os fornecedores de componentes, o que deixaria os preços de algumas commodities vendidas aqui mais salgados do que em outros países. De acordo com publicação da Agência do Brasil, Ghosn afirma que “as margens de lucro da Nissan no Brasil estão um pouco abaixo da média mundial e da Renault, um pouco acima (…) Vamos ofertar mais e tem a questão da concorrência também. Então, quanto mais capacidade você tem no Brasil, mais terá preços razoáveis ao consumidor.”


Elétricos
O encontro do presidente mundial do grupo Renault-Nissan com governantes brasileiros ainda pode render outro fruto. Depois da reunião, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, solicitou à presidenta Dilma Rousseff a elaboração de um estudo sobre a possibilidade de inclusão de automóveis elétricos na matriz de transportes brasileira. Mercadante teria dito que o Brasil pode ter um projeto piloto de carros desse tipo – que são a principal aposta da aliança Renault-Nissan em termos de transporte sustentável. O Nissan Leaf é um dos exemplos da estratégia. O próprio sedã Fluence, da Renault, também terá uma versão 100% elétrica. 



Fonte: Auto esporte
02/10/2011
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s